PORCHE CAYMAN

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: PORCHE CAYMAN

Mensagem por Convidad em 14/8/2008, 11:18

Nos dias que correm, dificilmente se faz o "pricing" de qualquer produto numa lógica de markup, ou seja, preço = custos + margem. Existem tratados, teses e inúmeros livros sobre o tema. Não é uma questão simples.

No caso do Cayman, diria que a Porsche está a "desnatar" o mercado, ou seja, lança um produto com um preço mais elevado para que os consumidores que valorizam serem "os primeiros" o adquiram com margens maiores para o fabricante. Claro que, ao contrário de outros produtos de grande consumo, o preço do Cayman não irá descer ao longo do tempo, ou seja, à medida que se vão desnatando os micro-segmentos.

Contudo, apostaria que nos próximos anos os preços do Cayman e do Boxster se vão alinhar ou até inverter! Nas próximas versões/ facelifts ou simples ajustamentos de preços, o boxster muito provavelmente sofrerá incrementos de preço superiores ao do irmão coupé. Isto é apenas um palpite meu, já que não me parece razoável o actual pricing. O que não faço ideia é se estes modelos mais pequenos verão os seus preços a estabilizar a 65, 70, 80 ou 85% do preço do 911 C2. Mas uns bons estudos de mercado, que a Porsche seguramente fará, podem ajudar a responder a esta questão.

Outro efeito interessante do "pricing" é o que se passa actualmente com os veículos nos EUA. Já viram quanto custa um Porsche lá? Já viram que comprando um carro novo ou com muito poucos kílómetros nos EUA, e importando a pagar 2.000 Eur de transporte, ISV e IVA, o preço final fica ainda assim muito abaixo do europeu? O que se passou é que a Porsche, para compensar as alterações de câmbio Euro-Dolar, não podia simplesmente subir os preços dos seus carros 45% nos EUA para manter as margens de lucro porque venderia muitíssimo menos unidades e, pese embora a margem de lucro unitária fosse maior, o lucro (margem unit. x unidades vendidas) seria muuuuito menor.

Assim, gerou-se um interessante desiquilíbrio entre mercados e já existem inúmeras empresas a explorarem este "filão" (em linguagem de mercados, chama-se fazer "arbitragem"). Se esta prática occorresse em massa, teoricamente, ou os preços dos porsches novos baixariam na Europa ou a Porsche pensaria numa forma inteligente de não ser desejável importar um carro americano para a Europa (do tipo do que se faz com os leitores de DvDs, para não ler discos de outras regiões), mas parece-me difícil.

Não estou com muita paciência para fazer as continhas todas ao detalhe, incluindo a conversão de alguns aspectos de um porsche americano que não sejam conformes na Europa, mas uma estimativa ballpark é que para um 911 Turbo novo importado dos EUA se possa ganhar entre 40 a 50.000 Euros! Alguém disposto a fazer estas contas com rigor?

Cheers

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PORCHE CAYMAN

Mensagem por Convidad em 14/8/2008, 11:59

Excelente post LP01...

Obrigado pela tua opinião fundamentada.

Mas como dizes, homoogar uma versão dos EUA cá não é fácil.

Quando é a fábrica a vendê-lo, de acordo com Porsche Ib+erica, isso consegue-se. Se tu lá o fores buscar tens muitos entraves.

Não é por acaso.

Há dias pus hipótese de comprar um Boxster S 3.4 que estava na fábrica a um preço fabuloso! 55.000 euros com 25/30.000 de extras...

A explicação foi que era uma versão americana... mas que tudo se resolvia...
Se quiseres saber mais desta história, contacta-me por MP.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PORCHE CAYMAN

Mensagem por Convidad em 14/8/2008, 12:57

Tudo perceptivel e lógico.
Mas para importar da América para alem do problema de homologação há também que pagar Direitos de Importação,o que não acontece se se fôr buscar á Europa.Logo as contas não são tão favoráveis.
Tive esta experiência em 1995, em que comprei em Inglaterra um carro que tinha vindo dos USA e mesmo tendo matricula inglesa, a redução dos direitos foi só a partir da data da matricula inglesa,quando numa outra situação de um carro inglês estaria isento devido á sua idade e por ser comunitário.
O exemplo mais flagrante destas disparidades EU /USA passa-se com as Harley Davidson.Com o cambio actual, nos USA são de borla e cá um horror (também por causa dos direitos).
Foi por estas questões cambiais que há cerca de 20 anos as marcas passaram a ter delegações na Europa, que vendem para os importadores europeus.
Mas as delegações europeias compram á casa mãe em euros e o lucro fica no pais de origem.Isto nos anos 80 era pão com manteiga com tudo o que era Yen devido à valorização deste face ás moedas europeias.
Vou ver se faço umas contas básicas,só para o posicionamento dos preços entre os vários modelos.
MRS

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PORCHE CAYMAN

Mensagem por Boxster em 15/8/2008, 09:20

Em Genéve também se vê pouco o Cayman, tem pouca aceitação apesar de gostar muito do carro e ser extremamente equilibrado.

Mas o apelo 911 é maior, e é o Porsche por excelência.

A seguir existe muito Boxster, e Cayenne.

Quanto a preços, muito mais baratos que em Portugal.
avatar
Boxster
Iniciado
Iniciado

Nº de Mensagens : 281
Idade : 55
Localização : Estremoz / Geneve
Registo : 08/07/2007
Reputação : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PORCHE CAYMAN

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum